segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Mergulhados na experiencia


Se somos de fato espirito e essência, sem forma nem limites, ao mergulhar na experiencia da forma e da emoção é natural que nos deixemos encantar, nos entorpecer e embriagar.

Como esperar que um jovem índio não se apaixone por um cavalo selvagem desejando doma-lo e possui-lo?

Como esperar que uma jovem donzela não se apaixone por um rapaz belo corajoso e viril?

Como esperar que o empreendedor não se apaixone pelas oportunidades de negócios desafiadores?

Como esperar que o artista não se encante frente a uma imagem inspiradora?

Como esperar que a mãe não se apaixone pela doce e frágil crianca que a vida lhe entrega em seus braços…

Somos assim, mergulhados na experiencia, mas buscando encontrar algo que nos eleve acima dela.

Em cada tempo algo nos encanta e nos aprisiona.

Já fui prisioneiro das brincadeiras, das donzelas, das conquistas juvenis..

já fui prisioneiro do dever, dos negócios, da tecnologia,

Já fui prisioneiro dos estudos, dos debates calorosos, das palestras,

Já fui prisioneiro dos relacionamentos e dos amores...

Pensas que agora  já sou livre?

Ainda não,

Pois agora sou prisioneiro desta sede de liberdade... 

Caçador de Mim
Milton Nascimento

Por tanto amor
por tanta emoção
A vida me fez assim
Doce ou atroz Manso ou feroz
Eu, caçador de mim...

Preso a canções
Entregue a paixões
Que nunca tiveram fim
Vou me encontrar Longe do meu lugar
Eu, caçador de mim...

Nada a temer Senão o correr da luta
Nada a fazer Senão esquecer o mêdo...
Abrir o peito À força numa procura
Fugir às armadilhas Da mata escura...

Longe se vai Sonhando demais
Mas onde se chega assim
Vou descobrir O que me faz sentir
Eu, caçador de mim...

Abrir o peito À força numa procura
Fugir às armadilhas Da mata escura...
Longe se vai Sonhando demais
Mas onde se chega assim
Vou descobrir O que me faz sentir
Eu, caçador de mim...

9 comentários:

  1. Eu, eterno caçador de mim, eterno buscador e eterno aspirante à plena liberdade!

    Abraços, querido João. Muitas saudades
    Jorge

    ResponderExcluir
  2. Quando os mestres se encontram, sempre vibram acordes harmônicos da sinfonia da vida.
    Uns compõem, outros se encantam com a magia criadora.
    Uns comentam, e nas simples palavras se encerram emoções e sentimentos, aprisionados pela pequenez do espaço e pela imensidão das distâncias.
    Bravo, mestres João Sérgio e Jorge Vicente!
    Abraços.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  3. Olá queridos,
    senti o chamado, por isso vim visitar vocês.
    Espero que estejam todos bem, vejo que estão bastante ativos em criação e beleza.
    Não vos esqueço.
    Abraços a todos.
    Rute

    ResponderExcluir
  4. Queridos mestres, companheiros e companheira:
    A cada visita, uma recordação dos bons tempos escolares.
    A cada recordação, um reviver de sentimentos adormecidos.
    A cada despertar, a certeza de encontrar a todos, juntos e conscientes de nossos deveres de mestre.
    Este espaço foi criado para esses eternos reencontros, que nos fazem sentir saudades e celebrar um tempo presente nas memórias de todos.
    No momento, eu estou com três turmas: FUNDAMENTAL, SUPERIOR I e MESTRADO I.
    As futuras mestras estão começando a se envolver nas tramas dos roteiros cinematográficos, e se saindo muito bem.
    Os dois filmes iniciais do curso, Os Agentes do Destino e Premonições, foram recebidos com muito entusiasmo, o que me faz prever 5 novas mestras a lhes fazer companhia, daqui a dois anos.
    Em relação ao meu livro, desejo informar a Rute e Jorge Vicente que, a comercialização passou para o João Sérgio, que está se organizando para se tornar o editor da obra.
    Dentro em breve, teremos notícias, e, certamente, o meu novo editor encontrará meios de atender pedidos fora do Brasil.
    Estas são algumas das novidades que quis passar para os mestres, especialmente, os de além-mar.
    Abraços.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  5. Muito bom, mestre Gilberto. Grata pela atualização.
    Todos os níveis são memoráveis, cada degrau tão necessário!

    ResponderExcluir
  6. Eu aproveito e vou subindo mais uns degraus.
    Abraço, Rute.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  7. Sempre com o coração em vocês, sempre com este amor irradiando. Que alegria saber notícias vossas!!!

    E que alegria saber que vamos ser receber Mestres novos daqui a dois anos!!!

    Vou esperando calmamente as notícias do seu livro e do seu novo editor <3

    Mil abraços para todos!
    Jorge

    ResponderExcluir
  8. Meu querido amigo, Jorge Vicente:
    Estou confiante na solução de todos os problemas iniciais enfrentados para a comercialização do livro, com a direta participação do João Sérgio, assumindo a organização da venda e da entrega do livro.
    O próprio João Sérgio pode vir aqui, neste espaço, e dizer o que está sendo planejado, pois este é tema de interesse, e está ligado diretamente, a todos os mestres.
    Abraços.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  9. Obrigado pela informação, querido Mestre!

    Muitos abraços!
    Jorge

    ResponderExcluir